Desequilibrio

Depois de muito tempo sem postar, volto aqui para dizer o quanto ando desequilibrado. Depois que me mudei de cidade, minha rotina mudou, fui deixando as coisas de lado e a cada vez mais fui ficando vagabundo, no lado nutricional e físico.

Voltei a ter rotina que eu tinha antes, só que um pouco pior. Eu ainda continuo dormindo tarde, mas acordo as 5 da manhã, durmo as 5:40 em um ônibus e acordo as 7:00 novamente. No começo foi tranquilo, tirei de letra, mas com o passar do tempo eu fui exagerando na alimentação ruim, demorei pra voltar a me exercitar e tudo virou uma desculpa de não ter mais tempo.

Chego em casa por volta das 20:30, no começo eu ainda ia pra academia, mas essas idas começaram a diminuir, na volta da academia eu ainda precisava fazer a janta, porque em casa todo mundo está acostumado a comer pão ou até arroz/batata/macarrão a noite.

Com o tempo, isso foi se desgastando, a desculpa na minha cabeça foi crescendo e cá estou eu.

desmotivado

Já fazem mais ou menos 4 meses que eu voltei ao meu peso original antes do desafio (116kg), voltei a ser sedentário e sem objetivos, exatamente como era antes.

E mesmo sabendo de tudo isso e de tudo que passei, minha mente e meu corpo desistem fácil. Eu começo a me alimentar melhor, ao passar de 1 semana eu já desisto de tudo e volta o ciclo novamente, em um efeito sanfona animal.

Não vim aqui contar partes boas, eu ainda não me toquei completamente, eu ainda estou dominado pelas desculpas, sem vontade de fazer alguma coisa pra mudar.

Eu achei que era sabia de tudo, que quando eu quisesse eu voltava a ficar com o corpo saudável, mas isso foi me dominando e agora estou perdido novamente. Estou sem saco para aparecer os resultados, fico tentando milagres rápidos e logo vejo que não tem retorno, desisto.

Minha maior inspiração está sendo meu blog novamente, ver fotos que eu tirei e me inspirar nas coisas que escrevi.

Espero trazer notícias boas!

Um abraço a todos!

Dica para comer bastante legumes e sem sal adicional

E ai pessoal beleza?

Quero marcar um compromisso aqui com vocês, que essa semana eu cansei de me dar desculpas e vou voltar com tudo a alimentação regular, treinos e motivação! Estou me pesando todos os dias e no começo da próxima semana posto um resumo aqui pra vocês.

Bom se você se interessou pelo título é porque não consegue comer muitos legumes como eu, estou certo?
Aqui vai uma dica rápida de como eu estou conseguindo ingerir uma quantidade maior de legumes na refeição do meu pós-treino.

low-carb food

 

Ai tem coisa pra caramba: alface, tomate, pepino, palmito, abobrinha, chucu, quiabo, couve-flor e mais umas pá de coisa.
Adicionei: 1 linguiça, 1 pedaço de alcatra e uns filetinhos de bacon que estava na abobrinha.

Misture tudo e voa-lá, até esqueci de por o sal e o sabor ficou muito bom, você nem sente nada dos legumes. Alias nem parece que tem legumes aí, essa é a idéia.
Confesso que exagerei e esse prato deu umas 600g, mas antes isso do que muito carbo refinado.

Essa foi uma dica rápida, funciona muito comigo. Um outro modo seria bater esses legumes e toma-los como no Suco Verde.
Só comer mesmo que fica difícil 😛

Abraços do Montanha.

Conhecimento x Atitude

Olá leitores do blog, faz tempo que não escrevo aqui, mas estou de volta para falar sobre algumas coisas que andam acontecendo comigo e claro envolvendo lifestyle, nutrição, qualidade de vida e etc. Hoje vamos falar de Conhecimento x Atitude.

No começo do blog, eu não tinha nenhum conhecimento sobre nutrição, sobre treino, sobre como moldar seu corpo ou se preocupar com o seu bem estar. Pelo fato de morar sozinho ainda, a ingestão de porcarias aumentavam, comidas prontas e rápidas era a melhor opção. Porém em um certo momento da minha vida, eu resolvi mudar esse caminho, comecei com:

Garoto Atitude

Atitude

Tive a iniciativa de criar um blog como uma vitrine para expor tudo que eu estava fazendo. Comecei a correr como falam por aí, fechar a boca, me exercitar demais, enfim. Hoje eu sei que tudo isso é errado, eu quis uma mudança drástica, rápida e hoje eu sei que isso não funciona com a maioria das coisas na vida a longo prazo, quem dirá para o nosso corpo. No meio de toda essa falta de informação, mesmo assim eu consegui evoluir, chegar aonde eu queria, com a atitude eu consegui ultrapassar qualquer barreira de conhecimento que eu necessitava naquele momento.

Eu não esperei estudar, eu não esperei marcar uma consulta com nutricionista, eu não esperei segunda feira chegar, foi a atitude tomada somada a motivação que eu acabei buscando todos os dias para eu seguir em frente.

Com o tempo eu fui adquirindo o outro lado da nossa discussão:

Conhecimento

Com o passar do tempo eu fui aprendendo sobre quase tudo que eu estava fazendo, como o corpo funciona, sobre alimentação, macros nutrientes, peso gordo, peso magro, treino com intensidade, treino funcional, a importância da água, o bem estar, posso fazer uma lista gigante aqui. Não vou me aprofundar no que tive de conhecimento, mas de fato sim, você vai atrás e aprende um monte de coisa.

Você aprende desde as coisas boas como: Entender como seu corpo funciona, metabolismo, peso na balança não quer dizer nada, mitos sobre nutrição.

Até coisas meio ruins como: Que fora o esforço claro, existe todo um mundo de drogas, aonde a mídia faz você se enganar com produtos milagrosos, suplementos e etc. Que existe grande influência hormonal, genética, aquelas células que você mais odeia, mesmo depois de emagrecer elas vão continuar aí.

Mas a lição que eu quero deixar aqui é que mesmo com todo o conhecimento, com o tempo eu fui perdendo a atitude, sai do modo “Cair de cabeça” e comecei andar pelas beiradas, cada dia está sendo uma desculpa, cada dia está sendo um motivo pra não ter a disciplina um pouco mais rigida, cada acontecimento é um fato para que eu alivie tudo que aconteceu.

Atitude + Conhecimento

Muitas pessoas que querem fazer algo, vão obter conhecimento, mas mesmo sabendo de tudo, continua fazendo as coisas do jeito que ela não queria, não vou julgar aqui o que é certo ou errado, se você quer um resultado, vá atrás dele, seja qual for seus metódos, o corpo é seu, você mais do que ninguém sabe como ele vai reagir e tem total responsabilidade sobre isso. Porém falta atitude, falta algo a mais, você vai me perguntar o que é esse algo a mais e aqui vai a resposta.

Eu não sei…

E nunca vou saber, a resposta está dentro de você, o que eu posso fazer é escrever o que estou passando, você se identificar e talvez isso seja o passo para uma atitude florescer.

O que eu posso afirmar é que a criação desse blog deu certo, ele é meu santuário. Toda vez que dou uma passada por aqui vejo pelo que já passei, o quanto conquistei e como foi treta antes e na hora que eu pensava em parar de trilhar esse caminho, eu me lembrava do que eu já escrevi, evolui e conseguia seguir em frente.

Se você quer algo na vida, encontre a sua Atitude, alie com um grande conhecimento que vai vir e não deixe de trilhar esse caminho, as coisas boas levam um tempo pra acontecer. E nunca se esqueça.

Tudo é um grande aprendizado.

Fellipe Azambuja

 

Motivação Crossfit

Pequena história de pai e filho que encontraram uma forma de viver melhor e se conectarem treinando juntos.

É incrível como fazer algo que mexe com o seu corpo lhe traz um bem estar inacreditável, superar os próprios limites, quebrar seus recordes é algo extremamente compensador.

Abs

A contaminação do bem estar

Esse blog foi criado para me manter motivado em um projeto, que eu montei em 2012 para eu emagrecer 30kg. A ideia inicial foi ter um lugar público, aonde eu iria postar minhas conquistas e dificuldades durante todo esse processo. Esses posts estão aqui ainda, na categoria Diário. Mas todo o blog se tornou algo muito maior do que eu havia imaginado.

O inicio da contaminação

Se você que está lendo esse post agora, criou uma meta para emagrecer e conseguiu, deve saber do que eu estou falando. Não se trata apenas de emagrecer, isso foi apenas a motivação para que eu pudesse me tornar alguém melhor. Nesse processo todo eu aprendi tantas coisas, você pode trocar o emagrecer por qualquer outra motivação: adquirir um bem pessoal, lado profissional, juntar dinheiro, fazer uma viagem, mudar um hábito, qualquer coisa. Podemos falar aqui de organização, planejamento, esperança, motivação, foco, disciplina e resultado.

Resultado, sim. É a parte mais emocionante. E eles aparecem, me tornei uma pessoa mais ativa, que planeja mais, que ao mesmo tempo se arrisca mais, que aprendeu a valorizar o que é duro de se conseguir. Que se voltarmos ao emagrecer, aprendi mais sobre a minha saúde, como meu corpo funciona, como minha auto-estima reflete a outros pontos na minha vida e etc. (Da pra listar inúmeras coisas aqui)

Mas eu gostaria de ressaltar um ponto importante.

O bem estar

É rara as vezes que paro, para perceber o quão me sentindo bem estou em relação a como fui no passado quando eu não me importava muito com o corpo e saúde. A energia, a disposição, o conhecimento próprio são incríveis. É como a analogia que fazem com os carros, é como colocar um combustível melhor, que limpa o motor, fazendo seu veículo parecer como novo, sem engasgar, sempre com energia e durando muito mais.

É tão incrível que você não consegue mais não se sentir assim. A comida ruim está por ai, ela é barata, é viciante como uma droga, porque não comer? Eu sou um ser humano como você, eu como um monte de besteiras, já me afundei em doces, bebidas e etc. Ainda mais nesse final de ano, deixei o foco um pouco mais de lado e resolvi aproveitar um pouco, me “drogar” com alimentos refinados, pães, bolos, massas, bebidas cheio de açúcar e etc. Mas uma coisa eu posso te garantir, você não aguenta por muito tempo. Você quer se sentir bem novamente, com energia, disposição, por mais que aquela droga de milk shake seja viciante, tenha substâncias que mechem com o seu cérebro fazendo ele explodir de alegria, o bem estar fala mais alto. É caro leitor, você está contaminado.

bem-estar

Contaminado

Quem me conhece a mais tempo, acho que jamais imaginou que eu estaria pesquisando sobre alimentação por ai. Que eu gastasse horas, assistindo documentários de como é feito vários de nossos alimentos no mundo, documentários de grupos vegetarianos, veganos, crudivoristas.

Que a maioria dos grupos que estão no meu facebook é de Lowcarb, Paleo, Vida Saudável, PowerLift, Musculação e etc. Que os canais que eu mais assisto do youtube é o Crossfit, Canal do Ander, Danilo França, Mesa Maromba, 4Fit Club, Leandro Twin e etc?

E mesmo assim eu não deixei de ser eu mesmo, só mudei algumas prioridades, mesmo estudando bastante, eu ainda não tenho uma opinião formada 100% a respeito de nada, nosso corpo é uma grande máquina e única, cabe você mesmo conhecer a sua e fazê-la trabalhar melhor para você. Fazendo isso, eu consegui me conhecer mais, tenho noção do que eu estou colocando pra dentro, para fazer essa máquina funcionar, mesmo as vezes colocando coisa ruim, mas estou ciente do que estou fazendo e não vivendo cegamente deixando apenas na mão do destino a responsabilidade.

Agora que você está contaminado, tem que tomar cuidado, porque “você pode sair contaminando as pessoas por aí“.

A contaminação

É meu amigo, você achou que ia ser fácil? Agora você está contaminando as pessoas, fazendo elas mudarem seu estilo de vida e se sentirem bem também. Brincadeiras a parte, vocês não tem a noção de como é recompensador quando alguém se diz que se inspirou no que você fez, no que falou, que seja para mudar uma virgula apenas da vida.

Eu fico muito feliz com o feedback que recebo, são coisas que te motivam cada mais vez e te trazem um sentimento de que você está fazendo algo pro bem. Ajudar as pessoas é um sentimento incrível.

Mas como diria Rocky Balboa. “O mundo não é feito de arco-íris.”

rocky-speech

(http://www.youtube.com/watch?v=QnBLb63mNmA – Rocky Balboa Speech)

Vão ter pessoas que vão simplesmente ignorá-lo, dizer que você é bitolado demais, que querem mais não consegue, que preferem viver a vida feliz se matando aos poucos, mas enfim. Você é dono do seu nariz, que traça o seu próprio caminho, se não está satisfeito com o que está vendo, faça algo para mudar, o ano de 2014 não vai ser diferente se você continuar fazendo as mesmas coisas.

Obrigado por ler até aqui, um feliz ano novo para todos e lembre-se:

Cuidado para não se contaminar, uma vez que você entrar no mundo saudável, você não vai querer sair mais.

pessoa-saudavel

Peace.

Stronglifts – Treino 14,15,16 e 17

Treino 14

Nesse dia caiu o treino B, aonde foram feitas as progressões. No caso do OverheadPress eu não consegui fazer completo no treino anterior, resultado em não aumentar a carga desse treino.

Exercício: Squat
Set: 5×5
Peso: 62kg
Progressão: 2kg

Exercício: Overhead Press
Set: 5×5
Peso: 30kg
Progressão: nenhuma

Exercício: Deadlift
Set:1×5
Peso: 75kg
Progressão: 5kg

Treino 15

Nesse dia caiu o treino A, progressões ainda estão sendo feitas, ficando bem pesado a cada dia que passa.

Exercício: Squat
Set: 5×5
Peso: 64kg
Progressão: 2kg

Exercício: Bench Press
Set: 5×5
Peso: 52kg
Progressão: 2kg

Exercício: Barbell Rows
Set: 5×5
Peso: 44kg
Progressão: 2kg

Treino 16

Nesse dia caiu o treino B, progressão ainda continua. Cargas bem pesadas, maior dificuldade em executar o agachamento agora.

Exercício: Squat
Set: 5×5
Peso: 66kg
Progressão: 2kg

Exercício: Overhead Press
Set: 5×5
Peso: 32kg
Progressão: 2kg

Exercício: Deadlift
Set:1×5
Peso: 80kg
Progressão: 5kg

Treino 17

Nesse dia caiu o treino A, progressão ainda continua. Cargas pesadas no squat e no bench press.

Exercício: Squat
Set: 5×5
Peso: 64kg
Progressão: 2kg

Exercício: Bench Press
Set: 5×5
Peso: 52kg
Progressão: 2kg

Exercício: Barbell Rows
Set: 5×5
Peso: 44kg
Progressão: 2kg

Um update rápido, sem muitas delongas.

Abraço e bons treinos.

Tocar guitarra e levantamento de peso

Em uma conversa com o amigo Marcelo que também está treinando o método StrongLifts 5×5, discutimos o porque é tão bacana treinar esse método e no final acabei fazendo uma analogia como o de tocar uma guitarra. Calma eu vou tentar explicar.

Aprenda as notas musicais

É sempre complicado começar do zero em alguma coisa, você não quer passar por todas as etapas de aprendizado, quer logo ver algum resultado final, como tocar um instrumento, você quer tocar uma música, seja ela simples ou complicada, mas quer tocar uma música, não quer só ficar treinando velocidade, não quero só treinar os acordes, eu quero já ir pro solo!

Em todas as academias que eu me matriculei foi sempre a mesma história, toma aqui essa ficha de treino com uns 30 exercícios e faz aí. Quando se passa 1 mês e você está acostumando com alguns exercícios, troca ai parceiro, toma mais esses 30 exercícios. E eu nunca me aprofundei em nenhum deles.

É como começar a tocar guitarra e o professor já te passar 30 músicas pra aprender, com dedilhado, solo, distorções e etc. “Vai fazendo aí, me peça ajuda se precisar”. Cada dia da semana você vai treinar uma música diferente com várias técnicas diferentes.

Na minha opinião é melhor aprender as notas musicais primeiro, depois encaixando outras técnicas, até que finalmente você vai aprendendo as músicas por completo, vai entender o que cada parte da música quer dizer, vai conseguir improvisar e ter uma real noção por toda a bagagem que você já adquiriu com os treinos de base.

solando

Construa sua base

Estou considerando o método StrongLifts a base para se treinar, com esse método você se foca em apenas alguns exercícios, se foca na progressão de carga, treina o corpo todo,  se concentra mais aumentando sua técnica de uma forma incrível em todos eles.

Não acho que treinar isolado, 5x por semana, 30 tipos de exercícios é uma forma não efetiva de treinar. Eu acredito que antes disso você tem que treinar e entender o básico,  focar em apenas alguns exercícios completos que vão te ajudar a treinar o corpo inteiro, aprimorar a técnica e então você vai estar pronto para avançar cada vez mais. Depois de uma base sólida, você pode começar a encaixar exercícios isolados, métodos diferentes, sempre visando um objetivo, alinhando sempre o treino com dieta e descanso. Sem esses 3 aliados, nenhum método vai ser eficiente pra nada.

Acredito que antes de você começar a treinar supino inclinado, declinado, com halteres, no smith, você no mínimo deveria saber fazer um bom “Supino reto básico”.

supino-reto

 

Abraços!